Rick and Morty | One Crew Over the Crewcoo´s Morty – S04E03

Rick and Morty | One Crew Over the Crewcoo´s Morty – S04E03

2 de dezembro de 2019

6minutos de leitura

O título do episódio dessa semana, One Crew Over The Crewcoo´s Morty, é uma referência ao livro e meu filme favorito, Um Estranho No Ninho (One Flew Over The Cuckoo´s Nest), lançado em 1975, estrelado por Jack Nicholson. Mas a piada está apenas no trocadilho, isso porque ao contrário dos episódios anteriores, o título não está ligado diretamente ao tema principal, e o que temos na verdade é uma grande homage (Dan Harmon prefere esse termo no lugar de paródia, já que tecnicamente não é uma mesmo) da franquia 11 Homens e Um Segredo, com direito a música, referências diretas e um Rick agindo como George Clooney com um pirulito na boca e a repetição da frase “seu filho da mãe; conta comigo”, que me fez rir mesmo sendo repetida o episódio inteiro. 

Em sua busca por um artefato capaz de separar táquions, Rick descobre que foi trapaceado por um “artista da falcatrua” chamado Miles Knightly (dublado por Justin Theroux, da série The Leftovers). Ao lado de Morty, Rick vai atrás de Knightly, que é o palestrante convidado de honra de um evento para trapaceiros chamado Heist Con. Mas por não querer dar a satisfação de entrar na palestra como um fã, decide reunir seu próprio grupo de trapaceiros para participar do evento como profissionais.

Para isso, Rick reúne Glar, Angie Flint e Truckula, cada um com personalidades ridículas e aleatórias, uma das brincadeiras que Harmon gosta de fazer para mostrar como personagens secundários nunca recebem o tratamento que merecem. Mas o que começa como um simples plano de Rick para envergonhar Knightly e pegar seu artefato acaba virando uma trama desnecessariamente complexa (no sentido cômico) sobre reviravoltas, traições e planos mirabolantes. 

“Suas vaias significam nada, eu já vi que tipo de coisa deixa vocês felizes”
“Suas vaias significam nada, eu já vi que tipo de coisa deixa vocês felizes”

A premissa desse episódio é simples, mas é a execução que acaba sendo uma loucura. A introdução de vários personagens, assim como o ritmo rápido e a montagem dinâmica fizeram com que até mesmo se você estivesse um pouco confuso com a sequência de eventos, não ficasse de fora da piada. One Crew Over The Crewcoo´s Morty é bem similar em sua abordagem à um episódio da segunda temporada da série Community, outra criação de Dan Harmon, no genial Conspiracy Theories and Interior Design, onde o conceito de que a maioria das narrativas sobre “conspiração” seguem a mesma premissa e exploram pouco do potencial (Community chega a ter um episódio inteiro na sexta temporada, brincando com filmes de trapaça, mas esse não é tão inteligente quanto o de conspirações, então decidi deixar esse como referência principal). 

O episódio dessa semana faz várias piadas com roteiros de obras que focam em assalto e trapaça mas não passam do conceito e esquecem de explorar o subgênero. Com diz Rick, “tudo que precisei fazer foi inserir o algorítmo de dois filmes sobre o assunto que eu nem me dei ao trabalho de assistir”. Mas a trama não se limita à zombar de filmes do gênero e temos a exploração do absurdo que a série sempre faz muito bem, revelando como uma simples birra entre duas pessoas com um ego gigantesco pode resultar em uma catástrofe em questão de minutos. A destruição e falta de esperança acabam virando algo trivial quando o foco está em Rick tentando provar um ponto, não importa como.

Além de ser o episódio mais engraçado até agora, e um dos que mais me fez rir na série inteira, aqui vão algumas referências que valem a pena mencionar. 

  • Quando Rick chega no evento Heist Con, consegue desviar de um segurança e evitar ser capturado por ele por conta de seu jaleco, que parece criar vida e atacar o funcionário do evento. Antes do jaleco fazer a ação, Rick dá o comando para que a peça de roupa “Fala igual Doutor Estranho”, uma clara piada com a capa mágica do personagem da Marvel, que tem vida própria. Mas há uma segunda piada em cima disso, que é o fato de Dan Harmon ter sido um dos roteiristas responsáveis por revisar o roteiro do filme antes das filmagens acontecerem. 
Rick And Morty
  • Na segunda tentativa de criar um grupo de trapaceiros, Rick convida Elon Musk, o empreendedor e filantropo responsável por empresas como a SpaceX e a Tesla Motors. No episódio, ele é retratado com presas e é chamado de Elon Tusk (presa, em inglês), para fazer a piada de que ele não é o original, mas uma versão de outra realidade. Ainda assim, ele tem alguns dos trejeitos do Elon Musk original, sem contar que o personagem acabou sendo dublado pelo próprio. 
Rick and Morty
  • Em meio a introdução de tantos personagens, a maioria deles descartados antes mesmo do episódio terminar, finalmente tivemos o retorno do adorado Mr. Poopybutthole, que foi introduzido no episódio Total Rickall, da segunda temporada. Ele sofreu por um tempo por conta de um acidente envolvendo Beth e sua arma, mas parece estar bem melhor agora, atuando como professor em uma universidade. É claro que talvez sua carreira esteja em risco depois de ter espancado seus alunos por conta de Rick, mas isso são detalhes.
Rick and Morty
  • Além de mencionar e fazer várias alusões aos filmes da franquia Onze Homens e Um Segredo, Rick usa o nome David Lynch, quando quer dizer que alimentou um de seus robôs com filmes que não fazem sentido algum. Essa é uma piada com a filmografia experimental de David Lynch, o diretor responsável pela série Twin Peaks e filmes como Veludo Azul e Cidade dos Sonhos (no qual Justin Theroux, que faz a voz do personagem Miles Knightly, atuou).
  • E por falar em Miles Knightly, é impressão minha ou a roupa dele é basicamente uma réplica do traje que Freddie Mercury usou em algumas apresentações durante a turnê do álbum A Kind of Magic, com a Queen?
Rick and MOrty

Rick passa mais um episódio se vingando de alguém, será que é apenas uma premissa que os roteiristas adoram ou uma prévia de algo que está por vir?

Até o próximo episódio!

Próximo post:Star Trek: The Motion Picture | O começo de uma nova jornadaPost anterior:Watchmen | A God Walks Into Abar – S01E08

Posts Relacionados

Comentários